17 de mar de 2011

Querida Ameixa teve o final feliz tão esperado e desejado!!!!!

Ameixa foi resgatada apavorada na rua, seguia as pessoas mas não aceitava que se aproximassem dela, puro medo!!! Quando veio para cá seu medo melhorou mas o pior não era só o medo, Ameixa estava em um quadro de vômito, falta de apetite, vermes, magreza absurda e etc. Está saudável agora, mas levará um tempo para que ela confie plenamente em humanos ainda, ela se abaixa a qualquer movimento brusco. Mas seu passado agora pouco importa, Ameixinha tirou a sorte grande, foi adotada por uma colaboradora do petfeliz há anos!!! Ganhou uma dona APAIXONADA por ela mesmo antes de a conhecer. Ameixa foi muito esperada e desejada.

Monise estava apaixonada e esperando que o marido se convencesse em adotar mais uma cadelinha (eles já tem uma cadelinha linda da raça do IG que precisa de uma amiga). Vendo a situação eu disse que “todos” na casa teriam que querer a Ameixa para que o ela leve amor e alegrias para o lar. Ivo me ligou e disse que queria sim adotá-la mas sem que a esposa soubesse, queria fazer uma surpresa, armamos um plano diabólico. rsrs Pediu que eu falasse para ela que eles tinham demorado muito para decidir e que a princesinha já tinha sido adotada. E foi isto que eu fiz, ela ficou tão triste que me deu peso na consciência!!! “Ai, Marta. Confesso que foi impossível não cair no choro quando li seu e-mail... Para o meu coração, a Ameixa já fazia parte da minha família... Até meu marido ficou chateado. Eu já tinha visto o rabinho torto da Ameixa e confesso que me encantei. Marquinha registrada e um charme! Desde que eu vi a primeira foto dela, foi paixão à primeira vista. Deus sabe o que é melhor para a Ameixa e seria egoísmo meu não ficar feliz por ela. Triste por mim, mas feliz por ela ter a possibilidade de encontrar sua família. Ela merece muito amor e é isso o que terá, tenho certeza! Bjs Monise”
Pouco tempo depois recebi a ligação da Monise, disse que chorava de soluçar quando viu a Ameixa, que na hora pegou, grudou, beijos, amassou como se há conhecesse há anos, e a Ameixa quietinha sem nenhuma reação além de pedir mais... Ameixa foi um presente, uma agradável surpresa que o maridão Ivo fez para ela. A princesa viverá em uma casa em Jundiaí, com sua irmã canina e será muito amada e feliz!!! Obrigada super especial aos novos pais, a madrinhas Cristina Munaretti, Izabel Cristina e ao padrinho Luis Filipe Rabello Freire que nos ajudaram com as despesas da castração e tratamento da Ameixa. Muito obrigada também a amiga Rose, que nos socorreu oferecendo lar temporário para ele. Rose diz que é viciante, não quer mais ficar sem um hóspede (montamos até uma pequena farmácia em sua casa com medicamento dos peludos) em casa, qua a vida dela ganhou outro sentido!!! Que tal você experimentar também esta deliciosa sensação de nos ajudar a salvar uma vida oferecendo lar temporário ou amadrinhando um anjo necessitado???
Postar um comentário